Dúvidas que toda noiva tem

O período pré-casamento é cheio de emoção! Mas também de muita ansiedade, já que há muitas referências e opções para quem quer fazer uma celebração de casamento. Basta uma visita ao Pinterest para se perder nas inspirações! Bem, na parte do vestido podemos te ajudar a tirar as principais dúvidas, e, quem sabe, acalmar um pouco algumas inseguranças em relação a ele. No Ana Dotto Atelier já criamos mais de mil vestidos! Leia esse texto aqui. A conversa inicial com as noivas é uma das partes mais importantes do processo do modelo sob medida. Nela, normalmente, respondemos às seguintes dúvidas: 

Por que fazer um investimento em um vestido sob medida? 

Já falamos por aqui sobre um tema mais amplo. Por que casar. Leia de novo aqui. Quando você decide que quer fazer uma celebração para este momento tão especial, que é o casamento, fica claro que a busca pelo vestido ideal é um dos itens mais importantes! O investimento em um sob medida não é tão mais alto do que o investimento em um vestido de aluguel (isso pouca gente sabe). E é um vestido para ser somente seu e ser seu para sempre, diferente do aluguel. Além disso, vai ser exatamente como você quer que ele seja (quando você compra um vestido pronto em uma loja, você pode até gostar dele, mas com certeza não é 100% como imaginava). Fazer um sob medida te garante mais satisfação com o modelo e, mais do que isso, te proporciona um processo muito agradável: acompanhar a construção dele do início ao fim.

Quanto tempo o vestido vai demorar para ficar pronto? 

Recomendamos que a noiva visite o atelier pela primeira vez cerca de 8 meses antes do casamento. Mas nada impede que ela venha com mais ou menos tempo. Vamos adaptar a produção do vestido ao período disponível, mas 8 meses é o tempo necessário para que tudo seja feito com calma. Após o encontro inicial, são cerca de quatro ou cinco provas, mais a entrega final.

E se eu mudar de ideia no meio do caminho? 

Vai ser muito difícil isso acontecer, porque assim que o vestido é decidido junto com a noiva, iniciamos o processo e a cada prova é possível ver como o modelo está ficando. Se há algo que a noiva já não está gostando no vestido, é alterado no decorrer dessas provas. Tudo é muito flexível neste processo e nada é uma surpresa no dia da entrega. A noiva acompanha o passo a passo e vai dando as suas opiniões nele.

Devo ouvir a opinião das outras pessoas na hora de decidir como será meu vestido? 

Tudo vai depender da sua personalidade. Tem noiva que prefere vir sozinha ou apenas com uma madrinha para as visitas no atelier. Outras já gostam de trazer uma pessoa diferente a cada encontro e ouvir a ideia de todos. Familiares e amigos podem ter boas sugestões para dar, mas siga o seu gosto e o seu coração. Muitas vezes, consultar várias pessoas acaba deixando a noiva ainda mais confusa e insegura. O mais importante é saber que é você, noiva, que deve amar o vestido (e se amar usando ele!). Esse dia é seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vendemos o vestido número mil

Uma nova forma de casar