Buquê de casamento: qual escolher?

Muito se imagina que apenas o vestido de noiva marca a cerimônia de casamento, porém, os buquês também contam uma história. Possuem uma simbologia, mostram a personalidade da noiva e trazem um ar mais romântico ao altar. Por isso, a escolha de um buquê não se mostra nada fácil.

É necessário pensar em diversas possibilidades para o buquê, como formato, cores, tipos de flores e combinações com o vestido. Também é importante ponderar o local da cerimônia, se vai ser na igreja, a céu aberto ou na praia. São detalhes importantes para o casamento e, principalmente, para a noiva.

Abaixo, apresentamos alguns modelos de buquês para te inspirar:

Buquê Redondo 

É o formato mais tradicional e o mais utilizado entre as noivas. Geralmente se usa um tipo de flor para que este buquê fique bem redondo (como o nome já diz), como rosas vermelhas, brancas e orquídeas. O modelo é indicado para quase todas as cerimônias.


Buquê Desconstruído

Também conhecido como assimétrico, o buquê faz jus ao nome devido ao uso de diferentes tipos de flores e folhagens em sua composição. Parece estar bagunçado, mas é essa a intenção. Ideal para noivas que optam por vestidos simples, assim o buquê ganha o protagonismo, e que queiram casar na praia ou no campo.


Buquê Braçada

Diferente dos outros formatos, a noiva necessita sustentar este buquê pelo braço por ser mais alongado. Dá um ar informal à cerimônia pelo jeito de carregá-lo, sendo indicado em casamentos no campo ou na praia. Combina bastante com vestidos leves, justos e sem mangas. Feito para você que deseja dar um clima despojado e diferente ao casamento.


Buquê Cascata

Com formato triangular, este buquê vem para dar a impressão de uma cascata de flores, como se estivesse em queda. É imponente, chamando muita atenção pelo seu formato e sofisticação. Por isso, há a necessidade de cuidar do modelo do vestido, para não ficar exagerado. Recomenda-se combinar com vestidos clássicos.


Buquê Silvestre

Este tipo de buquê conta com variadas flores da estação e pouco tradicionais, como margaridas, dente-de-leão e lavanda. São usadas aquelas flores “esquecidas” que, juntas, formam um lindo buquê. Pelo seu ar mais casual, é indicado para casamentos no campo, além de combinar com vestidos mais leves. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tatiane Dal Bó Simioni

O curioso mundo de Ana Dotto