Bruna Polidoro Miotto

“Eu sempre quis ter uma lembrança do dia do meu casamento, além das fotos. Acho muito legal ter uma recordação física, gosto de criar memórias assim, algo que eu possa mostrar para as pessoas, que possa materializar o momento”, definiu a noiva Bruna Polidoro Miotto, para explicar por que escolheu um modelo sob medida para o casamento em novembro de 2018. Hoje, alguns meses depois, o vestido Ana Dotto está guardado com carinho, enrolado em papel de seda, dentro da caixa, no guarda-roupa de Bruna.

Ela conta que depois de 10 anos de namoro com Michael, os dois noivaram em uma festa em Cancún, onde estavam passando as férias. “E eu quase perdi o anel na festa!”, recorda.

Bruna se adiantou na preparação do casamento. No ano anterior à data agendada, já estava no atelier: “Gostei muito do ambiente e das ideias da Ana”. “Ela fez um esboço do vestido no primeiro encontro e eu já tinha gostado muito, mantive a ideia daquele primeiro desenho até o fim. Me dei bem de cara com ela. Depois, com as provas, foi muito bacana ver o resultado ir acontecendo e o vestido criando forma.”

A noiva, de estilo romântico, escolheu um vestido de manga comprida, rendado, com decote coração e saia ampla. “Como o casamento seria no interior, ia ser mais rústico, não queria algo brilhante, princesa, ou então de cauda colada, queria algo que entrasse no clima do ambiente, que era uma vinícola em São Marcos. O resultado do vestido ficou melhor do que o esperado. Muito além do que eu queria! Tudo se encaixou.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Monika Daudt

Paula Cislaghi