O casamento de cada estação

Qual a melhor estação para se casar? Outono, inverno, primavera ou verão? Dúvidas normais que passam pela cabeça da noiva ao olhar para o calendário. 

Leia mais:

Vamos ver se te ajudamos com essa decisão dando algumas dicas sobre cada estação:

Outono

Perfeito para as noivas mais românticas, por todo o charme que a estação traz ao casamento. As temperaturas mais amenas e as poucas chuvas pedem celebrações ao ar livre, trazendo o típico do outono, os galhos e as folhas secas, como parte da decoração. 

Para harmonizar, é necessário utilizar tons terrosos e materiais amadeirados para sua festa, combinando com a luz quente natural da estação (ideal também para as fotos do casal!). Por isso, sítios e fazendas são os melhores lugares para receber seu casório nesta época do ano. 

A chegada do frio traz de volta as mangas longas para o vestido de noiva. A ideia é fornecer uma sensação de conforto e aconchego para o traje, ostentando golas e decotes mais fechados, além de investir na capa como diferencial.


Inverno

Inverno é sinônimo de frio intenso, então, escolha um local para seu casamento que transmita comodidade aos convidados e, claro, também para você. Ambientes fechados combinam com essa estação, priorizando um salão de festas  que contenha materiais estofados e que sejam aquecidos. Caso queira casar ao ar livre, invista em um local híbrido, com espaços abertos e fechados. 

Hortênsias e lírios, por exemplo, podem fazer parte da decoração por serem flores típicas do inverno. O uso de velas nas mesas e arredores traz o calor e a intimidade para a cerimônia. A seleção de um cardápio com pratos quentes ajuda a aquecer para a festa.

Assim como no outono, você pode optar por vestidos de manga longa para não passar frio e trazer elegância ao traje. Aproveite rendas e bordados para dar seu estilo e personalidade. O tule volta com tudo nessa estação, o mesmo vale para o tecido seda.


Primavera

A estação das flores convida para um casamento ao ar livre, seja em fazenda, sítio ou chácara. O importante é que não podem faltar as mais diversas flores para compor sua decoração, com o intuito de dar cor e diferentes texturas a sua festa.  Entre as espécies mais indicadas estão: camélia, gérbera (laranja), hortênsia, lírio, copo de leite, rosa (champanhe), cravo, flores do campo, calla e mosquitinho.

Um tapete de pétalas também é muito bem-vindo por dar um ar diferente à celebração, assim como investir em um buquê primaveril. Tudo isso permite uma combinação intensa de cores, principalmente, as de tons quentes e fortes. O ambiente fica um verdadeiro conto de fadas!

Para aproveitar o clima agradável da estação, o ideal é um vestido de noiva mais leve e esvoaçante, que valorize os cortes descontraídos. Claro, há a opção de um traje floral, com coroa de flores, para celebrações campestres. O legal é jogar com tecidos de efeito transparente para transmitir a sensação de leveza, o que combina muito com a primavera. 


Verão

A intensa presença do sol, temperaturas altas e o clima de festa no ar. Tudo isso faz parte do verão e pode fazer parte do seu casamento também. Invista em uma decoração alegre, descontraída, com a possibilidade do uso de cores vermelhas e alaranjadas para combinar com a luz proporcionada pelo sol ou pôr do sol.  Astromélias, lírios e copos de leite são flores resistentes ao calor, ideais também para compor sua festa.

Se o objetivo é casar em local aberto, uma boa opção é colocar o pé na areia e escolher o ambiente praiano para oficializar a sua relação. A praia por si só já traz uma decoração natural. Como a estação é marcada pelas chuvas, procure um lugar que tenha também um espaço interno para que a cerimônia não seja interrompida por imprevistos.

O vestido de noiva é leve, sem muito tecido, para você não sofrer com o clima quente. O chiffon e a aplicação de rendas delicadas são uma boa escolha para o traje. Opte por vestidos que deixem sua silhueta mais próxima ao corpo, dando uma aparência mais descontraída. 

Qualquer que seja a estação escolhida para casar, um vestido sob medida é sempre a melhor ideia. Venha visitar o Ana Dotto Atelier! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Betina Crossetti Vaucher da Cunha

Mariana Dillmann